sábado, 16 de fevereiro de 2013

Consultório da Lambisgóia

Questionava ontem, um ilustre leitor deste respeitoso blog, sobre o limite temporal de permanência na minha mente de determinados temas que constituem um importante factor desencadeador de inquietação na minha pessoa. Porque não consegue a Snail pensar em coisas (pilas) durante períodos superiores a 4 horas? Como pode um dos seus adereços vivos de diversão pessoal de assumida preferência ser largado ao desprezo em tão curto espaço de tempo? Que outro desejo se pode sobrepor à visão etérea da dança de serpente mágica? Porquê?


Porque depois dá-me a fome.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Pilas na cabeça por tempo indeterminado. Medo.

      Eliminar
  2. Este ilustre leitor ficou esclarecido.

    R.

    ResponderEliminar
  3. (não é que interesse, mas neste momento o blogue que mais gosto de ler é o teu. E olha que ando neste blogundo desde 2002 (2005 em português...)
    Vê lá se não morres, ou coisa do genero, 'tá bem? Não é que me faças efetivamente falta, mas alegras-me os dias... ;)
    B'jinhos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh diabo, agora é que ninguém cala o meu ego... :) Thanks

      Eliminar
  4. E quatro horas parecendo que não, já é algum tempo... Não? É que por norma não devemos estar mais do que três sem comer!(só um à parte!!!!) É um bom blogue mesmo!

    ResponderEliminar