quarta-feira, 17 de abril de 2013

Genealogia

Acho curiosas aquelas pessoas que conseguem identificar feições em crianças com menos de um ano. Ainda têm cara de joelho e já essas pessoas conseguem dizer que têm os olhos do pai, as orelhas do avô, ou o sorriso da mãe. Essa do sorriso da mãe, então é a minha favorita. Aconteceu-me há dias, uma ex-colega de curso que apareceu de surpresa, mãe há cinco meses, e que decidiu mostrar fotos do seu menino, ora a tomar banho, ora a mudar a fralda (doentes mentais do caraças!). Todas elas embevecidas e uma lá decide atirar 'Ah... tem o teu sorriso, Patrícia...'. E todas as outras 'Aaaaahhhhh.... pois tem!'. Ora isto já é levar a minha capacidade de auto-controlo ao limite. Eu, que estava a tentar controlar-me, com duas respostas geniais a palpitarem-me nas têmporas, tentando apenas ofender as mulas e não a desgraçada da mãe, que neste momento ainda parece uma vaca a sufocar nas próprias mamas, deixei de parte a pergunta se a mini-pila do puto era parecida com a do pai, não fosse alguma das outras responder que não (ou que sim) e a pobre Patrícia ir para casa a pensar que o marido anda a molhar o bico naquelas bandas e quando dei por mim já um lindo 'Este sorriso de 5 meses é da mãe? Patrícia, tira a prótese dentária já, sua fraude!' saía  da minha boca sem eu querer e cinco olhares de desaprovação caíam sobre mim. Salvou-me a avó da criança, que começou a dizer que o pirralho era a cara chapada dela própria, mostrando uma foto a preto e branco, dela em bebé, tirada numa praia fluvial em 1950. Fui obrigada a concordar, a cara de joelho é de facto uma constante, no bebé, na avó em bebé e na avó em velha. Prevejo um futuro muito negro para este miúdo. 
Já comigo, sempre disseram que eu puxava ao lado do meu pai. Nunca fui capaz de refutar isto, pois o buço que eu exibia aos 15 anos tinha muitas parecenças com o rato albino morto que o meu pai ostenta entre o nariz e o lábio superior. Avós desse lado, só conheci a minha avó paterna, mas não me lembro de ela também ter tido bigode. Pode ser herança deixada pelo meu avô, mas dele pouco sei, nem nunca vi uma foto. É quase como se fosse a personagem 'tabu' na história da família. Só sei que era um bêbado de vocação e morreu com uma cirrose hepática. Prevejo um futuro muito negro para mim. 
E este post podia, também ele, morrer aqui, não fosse hoje ter estado um calor de merda e eu ter corrido o dia todo como uma gazela, porque consegui atrasar-me para todo o lado onde tinha de ir. Acabei de chegar a casa e constatei que podia facilmente criar elefantes e leões no conforto das minhas axilas, tal não é o cheiro a circo que nelas se criou ao longo do dia. A conclusão é mais que óbvia. O meu avô ou era preto ou era monhé. Ou talvez fosse cigano. Vou tomar banho.

24 comentários:

  1. E não mostrou fotos do pirralo numa reprodução da Manneken Pis? Faltou esse clássico das néscias que pavoneiam o seu rebento da mesma forma que um chunga exibe as novas jantes do seu Saxo Kitado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah Não, por sorte não havia fotos de repuxos...

      Eliminar
  2. Tão bom!! Consigo rever-me perfeitamente nas coisas que te passaram pela cabeça...às vezes é preciso manter o filtro ligado, mas é tão difícil. E aquelas pessoas que no próprio dia em que a criança nasce, e está ali toda enrugada e com ar de rato, toda enrolada, já conseguem dizer com quem é parecida? Não me lixem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também os vejo assim, à nascença. No dia em que o meu sobrinho nasceu, a minha mãe achou-o parecido comigo. Isso não é bom....

      Eliminar
  3. Snail... Estou oficialmente apaixonado por ti! Buço com 15 anos e sovacame a cheirar a circo aos ehem/ 28 são motivos para até o mais empedernido ficar agarrado!

    Não gosto nada de miúdos com cara de joelho. São tão feios coitados... Mas ultimamente tenho visto bebés que nascem lisinhos e sorridentes. Isso tenho|! São todos parecidos com a mãe, graças a Deus, que os meus amigos são feios que mete dó!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É porque tu cheiras bem depois das tuas caminhadas, queres ver???

      E já disse que sou uma das maiores crentes na religião da cosmética, tá? Agora 'tou linda e cheirosa. E sem buço! ;)

      Eliminar
  4. Ora analisemos a palavra Genealogia. Primeiro, é parecida com Ginecologia. No relation. Por acaso, até há relation. Adiante.
    Depois, Geneal-ogia. O que quer dizer, em latim, "hoje é genial". Não te armes logo, que não é a da tua prosa que estou a falar! Ou se calhar é. Não sei.
    São estas habilidades para descobrir parecenças em caras de bolacha (mais bonito que joelhos, desculpa).
    Geneal. Muito geneal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já comi bolachas mais bonitas que alguns recém-nascidos. Bolachas ou joelhos continuo a achar que eles não se parecem com ninguém, a não ser uns com os outros. Todos iguais.

      Eliminar
  5. Só tu para me fazeres rir hoje! Já te disse que te acho imensa piada! Não? Acho-te imensa piada, a sério.

    Quando fores mãe, vou gostar de ler a outra versão da história :

    Numa coisa concordo contigo: os recém nascidos são feios, à excepção de uma piquena minoria, e o meu não foi excepção a esta excepção. Hoje é o filho mais lindo do mundo! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existe aí toda uma situação chamada gravidez que não me parecer ser compatível com a minha pessoa. Mas nunca se sabe... :)

      Eliminar
  6. Nunca vi um recém-nascido bonito. Nem sei bem se isso existe.

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vejo quem possa ser. Tu estás automaticamente excluída por causo do rato albino morto na cara.

      R.

      Eliminar
    2. Rato albino morto tem o meu pai! Eu tinha (TINHA) um buçozinho só... :(

      Eliminar
    3. Feri os teus sentimentos. Sinto-me mal. Diz-me snailzinha o que posso fazer para te compensar.

      R.

      Eliminar
    4. Uma semana, Madrid, piscina, gin e não se fala mais nisso.

      Eliminar
  7. Espera lá, quem é que quer que um ser que acabou de ser excretado por uma vagina, tendo levado uns valentes apertões e tendo roçado a sua ainda disforme cara em sítio onde a cara de ninguém devia nunca ter andado....seja bonito!?

    Ao fim de um mês a coisa melhora mas...alguns mantêm o joelho a vida toda :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o mais triste é que eu já vi muitos que conseguem piorar.

      Eliminar
  8. Obrigadinha... tenho de ir vomitar outra vez... :( Ai... tou tão mal. Hoje, particularmente, lembrei-me muito de ti nas ultimas três hora...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguém que vomita e lembra-se de mim? Quando eu achava que já tinha batido no fundo, aparece sempre alguém que me consegue levar ainda mais abaixo...

      Eliminar
  9. Até hoje só vi um recém-nascido bonito. Era uma menina, e aquilo pareceu-me uma singularidade quantica. Normalmente parece que alguém os tirou demasiado cedo do forno...ainda não estão assim bem bem cozidos!
    E já agora moça, a genética podia ter sido tão mais desfavoravel! Imagina que para além do rato albino, tinhas também herdado o par de mamas do teu pai...

    ResponderEliminar