quinta-feira, 30 de maio de 2013

Como tornar o meu dia negro

Tenho uma amiga que adora felinos. Daquelas maluquinhas que vivem com seis gatos e decoram tudo com miaus. A doida até tem uma agenda que vai decorando com fotos de felinos, dos grandes aos pequenos. Não sei onde ela arranja tempo para estas mariquices. Nem sei porque ela acha que eu quero saber das mariquices dela. Nem sei porque hoje achou que eu queria ver as novas fotos que decoram a sua agenda pirosa. Nem sei porque raio ela foi logo mostrar-me a foto de uma pantera negra a comer uma gazela. Se não era uma gazela não sei, mas era um bichinho escanzelado, magrinho e de cor clara. Isto despoletou uma reacção de pavor na minha pessoa, desatei aos gritos e a transpirar e pedi-lhe para guardar aquilo. Ela ficou preocupada com a minha reacção e sugeriu que fossemos tomar um café, não fosse eu estar a precisar de desabafar sobre alguma coisa. Lá fui com ela, mas já decidida em não falar sobre nada. Até porque não tinha nada para falar. Nem percebo porque ela foi achar que eu não estava bem. Cheguei ao bar e mudei de assunto para os salgados. Disse que me apetecia uma empada. Uma empada de galinha, disse eu. Disse-lhe a ela e disse ao senhor do bar. Diz-me ele sorridente: "Hoje vai provar é uma destas". Esticou-me uma empada linda, que se revelou a melhor empada da minha vida. Perguntei eu de boca cheia: "O que é esta maravilha que está na minha boca?". Diz-me o senhor com ar paternal: "Empada de porco preto... nunca mais vai querer das outras, não é?". Desatei aos gritos e a transpirar. Aquela merda devia ter pimenta a mais. A minha sorte é que o dia de trabalho naquele sítio já tinha terminado e tinha a tarde ocupada no meu segundo trabalho, para onde me desloco a pé, a ouvir a minha música e a olhar para as pessoas sem pensar em nada. Pelo caminho vi três pretos com uns tubos gigantes a cavar buracos na estrada. Fiquei feliz por andar sempre com desodorizante na mala, porque desatei a transpirar como um cavalo. O sol hoje até estava quente. Tão quente que acho que me queimou de repente. Só não gritei porque tive medo que os três pretos viessem perguntar se eu precisava de ajuda. O resto da tarde serviu para recuperar a calma, vir para casa a pé por causa da greve do metro também serviu, chegar a casa e não ter vontade de cozinhar também serviu, deitar cereais numa tigela e cobri-los com leite também... Depois estava a achar adorável o tom castanho do chocapic a largar chocolate no branquinho do leite enquanto a rádio estava a tocar a "Untitled" do D'Angelo, mas não sei porquê aquilo fez-me transpirar e até acho que gritei um bocadinho. Deitei aquilo tudo fora e fiz umas torradas. A meio das torradas, que por acaso se queimaram, o meu telemóvel recebeu uma mensagem. O preto que já vos falei, acho eu, perguntava se queria beber café hoje. Disse-lhe que hoje tive um dia estranho e até já estou de pijama e meia molinha. Ele respondeu agora mesmo que se sente insultado com isso, porque para estar comigo nunca se sentirá mole. O quê? Porquê?! Logo hoje que eu nem pensei na pila dele!...

17 comentários:

  1. Para quando, Snail, para quando?

    R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixa-me. Tou a ver o D'Angelo despido a cantar.

      Eliminar
    2. Ele canta despido? E vês a pila a abanar?

      R.

      Eliminar
    3. Não mostram essa parte.... Nazis!!!

      Eliminar
  2. Eu gostaria de saber a medida exacta da pila preta, no seu estado normal e no seu estado mole.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E estás a sugerir que vá eu pesquisar isso por ti? Mesmo que não estejas, foi só isso que entendi no teu comentátio.

      Eliminar
    2. Claro, é a ti que a pila preta manda SMSs, não a mim :)

      Eliminar
    3. Ele manda-me SMSs com a pila??!! Que raio de pila é essa???!!! Tenho medo.

      Eliminar
    4. Tens que ser tu a descobrir, está tudo a torcer por ti, nós apoiamos-te, tu sabes disto :)

      Eliminar
    5. Já lhe disse para o embebedar e depois tirar isso a limpo. Não me liga nenhuma. Falta de respeito para com o guia espiritual.

      R.

      Eliminar
  3. And suddenly, this blog is about galos pretos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei qual é o problema. Há os que passam a vida a falar em mamas e ainda não vi ninguém a queixar-se disso.

      Eliminar
  4. Vai ao encontro do preto, o universo está a mandar-te sinais :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se os sinais são mensagens de alerta para fugir???

      Eliminar
  5. Olá Snail, (óbvio que não li um texto destes) passei só para te desejar um Feliz dia da Criança!

    E porque hoje é o teu dia, desejo que o passes muito feliz e cheio de brincadeiras e guloseimas!

    Beijinhos *****

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brincadeiras e goluseimas... hum hum... :)

      Eliminar